Resenha do livro Um Mundo Brilhante

19 de fevereiro de 2012 2 comentários



Um Mundo Brilhante é mais um dos maravilhosos lançamentos da Editora Novo Conceito. A escritora Tammy Greenwood descreve a história de um jovem professor de História, Ben Bailey, que vive em sua casa, no Arizona, junto com sua noiva, Sara. 


A vida de ambos é típica de um casal normal, Ben dá aulas na faculdade e complementa sua renda trabalhando também em um bar. O trabalho no Jack's é menos entediante que na faculdade, mas a partir daí já percebe-se que a vida de Ben é um pouco incompatível com suas verdadeiras vocações.


Além de ser PhD em História e trabalhar como barman, seu relacionamento com Sara é mais movido por comodismo que por amor. Isso só começa a dar uma reviravolta quando Ben encontra na calçada de sua casa, um rapaz navajo, brutalmente machucado e aparentemente morto. Sara e Ben ficam abalados com a situação do pobre rapaz, mas Ben resolve ir mais além e após o jovem ter sido levado ao hospital, ele decide visitá-lo. Então Ben acaba conhecendo a irmã do jovem índio, Shadi. E sua vida começa a ganhar mais sentido, ele desperta para um sentimento que há muito havia deixado de sentir por Sara. Mas as coisas não se resolvem de uma forma simples. Ao ter certeza de seus sentimentos por Shadi, abandonar Sara não é tão fácil assim, pois várias coisas começam a acontecer, ele vai ficando cada vez mais aprisionado em sua relação com Sara.


É um romance maravilhoso de ler. Os dramas vividos por Ben, apesar de parecerem ser bem comuns, ganham uma certa emoção, pois ao longo da trama ele começa a se enroscar em suas próprias mentiras, e podemos perceber as consequências de ações mal resolvidas em seu relacionamento com Sara.


O drama psicológico de Ben também é bem interessante. Sua pequena irmã, Dusty, morrera atropelada quando ele tinha 11 anos e voltava com ela da escola. Para ele foi difícil entender como a irmã simplesmente desaparecera naquele dia. Após o acidente a vida com seus pais não foi mais a mesma, a mãe acabara adoecendo e seu pai, um dia, simplesmente acabou partindo.


Ben e Shadi acabaram compartilhando a mesma dor. Talvez isso tenha unido os dois mais intensamente. Sara não seria capaz de compreendê-lo, pois ela tinha uma vida perfeita, sempre conseguiu tudo o que quis. E Ben sentia na pele o que era ser abandonado por alguém, mas em nome do amor, até que ponto seríamos capazes de arriscar?


Um Mundo Brilhante é um romance envolvente e que nos faz refletir sobre os sentimentos que predominam e influenciam significativamente em nossas decisões.

2 comentários:

  • Elaise Lima disse...

    É um romance bem realista. E a relação deles é conflituosa. Sara fazendo de tudo para impedir que Ben escape. E Ben sem coragem para se decidir e cometendo as suas falhas... Tb fiquei chateada com as atitudes dele, mas ao mesmo tempo senti pena por tudo o que ele passou na infância.
    Bjos!

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Apreciando a Leitura | TNB