Resenha de Conselho de Amiga

3 de julho de 2012 0 comentários

Sabe quando um livro é mais do que você esperava? Aconteceu com Conselho de Amiga. Por se tratar de um livro teen eu imaginei que teria uma leitura sem muitas novidades, ou seja, com os dilemas típicos de adolescentes. De fato o livro é assim, mas a autora abordou um tema que amo demais: relacionamento familiar. Em todo o livro ele predominou, ficou acima de todos os outros conflitos como: garotos, amizades, primeiro beijo, etc. 

Ruby é uma garota que está completando 16 anos e vive sozinha com sua mãe. Mas exatamente no dia do seu aniversário, o pai da garota aparece "de surpresa" causando todo um mal-estar e trazendo de volta a Ruby todo o sofrimento que ela viveu seis anos atrás (quando ele a abandonou).

Desde então o livro começa a ficar bem interessante, pois Ruby passa a conviver com a dúvida sobre dar  ao seu pai a chance dele se explicar, ou deixá-lo permanecer longe de sua vida. Mas a verdade é que por mais que tente ignorar, Ruby anseia por saber o motivo que leva um pai a abandonar uma filha, ainda criança, e sumir por seis anos. É inevitável pensar como seria a sua vida com a presença dele.

Ruby também tinha o desejo de saber um pouco mais sobre o seu pai, de conhecê-lo, então a garota passa a recordar a vida em sua antiga casa, onde tudo parecia perfeito... 

Para ajudá-la nesse momento conflituoso Ruby conta com a ajuda de suas amigas, em especial a Beth, sua amiga desde a infância e que conhece toda a sua história. Mas será que suas amigas estão mesmo a apoiando? Sendo sinceras? 

Quando tudo parece estar sendo esclarecido, uma grande surpresa acontece na vida de Ruby, e é quando ela precisa compreender o passado e perdoar algumas pessoas...

É um livro encantador, que me emocionou em algumas partes, principalmente naquelas em que a vida é cruel e as pessoas agem de uma forma indiferente aos sentimentos alheios. Sofri um pouco com a pequena Ruby! E quem criticou o final acho não entendeu a essência de toda a história, pois foi perfeito. (Quando eu digo perfeito não me refiro ao "final feliz", e sim ao desfecho mesmo).

Um livro que recomendo para toda a família, pois podemos encontrar grandes lições com a vida de Ruby.


0 comentários:

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Apreciando a Leitura | TNB