Resenha de Um Ano Inesquecível

26 de outubro de 2012 0 comentários


Estou sem palavras para descrever o tanto que gostei desse livro. Uma história belíssima onde não somente o amor, mas as relações familiares são tratadas de um modo meticuloso deixando claro muitos fatos que ocorrem no decorrer da vida. 

Jesse Sienna é um escritor freelancer, o filho mais novo de Mickey Sienna, um senhor de 83 anos. Jesse sempre se sentiu meio deslocado na família, devido a diferença de idade entre ele e os irmãos mais velhos. Jesse nasceu quando Dorothy, sua mãe, acreditava não poder ter mais filhos, por conta de sua idade avançada. Então ele sempre teve a sensação que veio tarde demais para uma família que já estava formada. Mickey não foi o tipo de pai que costumava brincar com Jesse e levá-lo aos passeios, pois já havia feito bastante isso com os três filhos mais velhos e com Jesse ele já se considerava um pai “cansado”. Os irmãos adolescentes já seguiam suas próprias vidas. Apenas o relacionamento com sua mãe é que foi considerado mais “normal”. Só que Dorothy havia morrido. E todos os outros moravam em suas próprias casas ocupados demais com seus afazeres. 

Mickey também morava sozinho, na casa onde antes morava com toda a sua família. Embora todos considerassem inadequado um senhor de 83 anos morar sozinho numa cada grande demais para ele, Mickey ainda relutava em sair de lá. As coisas tiveram que mudar quando Mickey iniciou um pequeno incêndio na cozinha ao tentar fritar ovos. Então os filhos (com exceção de Jesse, que nunca tinha suas ideias levadas em consideração pelos irmãos) decidiram colocar Mickey numa casa de idosos. 

Contrariando seus irmãos, Jesse decidiu levar o pai para morar com ele. Pois Jesse sempre sentiu inveja dos irmãos por terem muitas experiências para compartilhar sobre o pai, enquanto ele considerava o pai um “estranho”, pois nunca tivera muita coisa em comum com ele. 

Levar o pai para morar em sua casa não foi tão fácil como Jesse pensava. Houve conflitos de todo tipo, a aproximação afetiva não veio de imediato. Quem colaborou mais para essa aproximação foi Marina, namorada de Jesse. Mickey não se conformava que a relação entre o casal fosse tão descompromissada. Pois devido às decepções amorosas do passado, Jesse não acreditava mais no amor como algo duradouro e feliz, ele acreditava que o amor sempre acabava e geralmente de forma desastrosa. A missão de Mickey foi mudar a concepção do filho, então Mickey passou a relatar ao filho uma história que ele jamais havia compartilhado com sua família. Jesse não só se aproximou mais do pai, como aprendeu a lição mais importante de sua vida. 

Fiquei encantada com cada página do livro. Tive momentos de indignação com os irmãos de Jesse. Tanto pelo fato de se sentirem superiores a ele, como pelo fato de “desprezarem” o pai em sua velhice, pois sempre estavam muito ocupados para se preocuparem com os problemas do pai. Mas o relacionamento que foi se formando entre Jesse e Mickey superou toda a rejeição dos irmãos e o desfecho da história foi brilhante. O escritor Ronald Anthony soube descrever cada detalhe de forma a nos proporcionar momentos de reflexão sobre como devemos encarar a vida.

Mais informações no site da editora Novo Conceito.

0 comentários:

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Apreciando a Leitura | TNB