Resenha de P.S. Eu te Amo

17 de novembro de 2012 5 comentários



Sinopse - P.S. Eu Te Amo - Cecelia Ahern

Gerry e Holly eram namorados de infância e ficariam juntos para sempre, até que o inimaginável acontece e Gerry morre, deixando-a devastada. Conforme seu aniversário de 30 anos se aproxima, Holly descobre um pacote de cartas nas quais Gerry, gentilmente, a guia em sua nova vida sem ele. Com ajuda de seus amigos e de sua família barulhenta e carinhosa, Holly consegue rir, chorar, cantar, dançar e ser mais corajosa do que nunca.



Resenha



Terminei de ler P.S. Eu te Amo há algumas semanas, mas fiquei um tempão sem querer escrever a resenha dele para não reviver toda a história, pois achei tão triste... É um livro que eu não me arrependo de ter lido, pois aprendi muito com ele. Sem falar que a leitura não é totalmente triste. Você consegue se pegar sorrindo algumas vezes, já que Holly, suas amigas e sua família são pessoas que têm suas doses de humor. 

O livro inicia com Holly vivendo seus momentos dolorosos após perder seu esposo, Gerry. Aqueles momentos em que você não quer sair da cama, a família e alguns amigos ficam te ligando e outros amigos preferem te esquecer. Sim, algumas pessoas alegam não saber o que dizer ou fazer em momentos assim e simplesmente se afastam... 

Depois de um tempo sem sair de casa, Holly decide atender ao pedido de sua mãe e pegar uma correspondência na casa dela. A correspondência nada mais é que alguns envelopes contendo uma lista das coisas que Gerry gostaria que Holly fizesse depois que ele partisse... 

É lindo e emocionante perceber como Gerry se preocupou com os momentos que Holly viveria depois que ele morresse. Ele pensou em coisas simples, corriqueiras e justamente por isso que a lista se tornou tão interessante, pois parecia que Gerry estava ao lado de Holly a todo momento. 

Uma das partes mais emocionantes do livro (se você não quiser saber pule esse parágrafo) é quando Holly diz que já estava esquecendo o rosto de Gerry. É incrível que por mais que uma pessoa faça parte de nossa vida por muito tempo, quando ela morre e nós não temos mais o contato diário com ela, seu rosto, seu corpo, tudo aos poucos vai desvanecendo... E é triste quando o que mais queremos é manter essa lembrança viva. 

Acredito que toda mulher casada, ao ler P.S. Eu te Amo, para para refletir o que aconteceria com a sua vida caso seu marido morresse... Todas nós, assim como Holly, recomeçaríamos, mas é algo tão doloroso de imaginar. Por isso que P.S. Eu te Amo é um livro que ao terminar de lê-lo, você o fecha e fica refletindo, assimilando todas as mensagens que o livro transmitiu. Não é uma leitura massacrante, pois a todo momento você acompanha a personagem lutando para seguir em frente, superando a saudade e cada desafio que a vida nos oferece.

Mais informações no site da editora Novo Conceito

5 comentários:

  • silvia disse...

    Que lindo, só pulei a parte em que vc vai relatar o momento mais emocionante do livro, pois eu ainda não o li; depois desta resenha fiquei com vontade de ler o livro.

  • Ana Paula Barreto disse...

    Eu pulei a parte, não quero arriscar!
    Quanto ao livro, tenho certeza de que é emocionante mesmo. Não sou casada e nem tenho a dimensão do que é pensar em perder o marido, mas sei que como qualquer outra perda grande é complicado de superar.
    E esta história é incrível não só pelo romance, mas pelo processo de superação da dor e do luto, da volta por cima, das amizades importantes no caminho.
    Quero muito ler este livro, só estou esperando o meu chegar.
    bjs

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Apreciando a Leitura | TNB