Resenha do livro O Lorde Supremo

18 de março de 2014 0 comentários


Impossível deixar as emoções de lado ao escrever sobre o último livro da Trilogia do Mago Negro. O Lorde Supremo me deixou encantada. A história de Sonea e do Clã dos Magos foi se tornando magnífica em cada livro. Fiquei com lágrimas nos olhos ao chegar ao final da trilogia. Queria que ocorresse de um modo diferente, mas foi lindo. E triste. Todas as lutas e guerras têm suas perdas, então é até justificável esse fim. E devemos considerar que a justiça foi feita, pois o Clã perdeu muito por seus julgamentos precipitados, e ainda os renegados tiveram seu momento de heroísmo e valor. Foi irônico e ao mesmo tempo gratificante ver “os grandes e poderosos” sendo protegidos por quem eles mais rejeitavam. E foi incrível ver a bondade das pessoas, que por tantos anos sendo oprimidas, os acolheram. A verdade é que tudo muda quando os inimigos batem à porta. 

Suspense, muita magia e uma boa dose de amor. Fiquei encantada em todas as páginas do livro. Mas sem dúvida, o que me fez perder o fôlego foi esse inesperado casal, o homem por quem Sonea se apaixonou. Um romance curto e intenso. Algo realmente que eu não contava. Trudi Canavan surpreende o leitor ao inverter o papel do bandido para mocinho. E por encontrar um par romântico para Sonea que não estava previsto desde o início da história. Achei bem interessante essa “surpresa” que a autora nos deixou.

Gostei muito dessa trilogia, O Lorde Supremo sem dúvida acaba de entrar para a lista dos meus livros favoritos. Passei horas e horas pensando nos personagens quando acabei de ler. Há quem diga que faltou mais história para o final. Não penso ser assim. As questões mais importantes foram abordadas. 

Para entender mais sobre a trilogia do Mago Negro, clique aqui

0 comentários:

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Apreciando a Leitura | TNB