Resenha de Fragmenta-me

27 de junho de 2014 0 comentários

Fragmenta-me é mais um conto da trilogia Estilhaça-me. Enquanto Destrua-me relata o ponto de vista de Warner, Fragmenta-me nos apresenta o ponto de vista de Adam e o que aconteceu com os refugiados do Ponto Ômega. Caos e destruição é o que resta do esconderijo desses jovens que lutam pela liberdade e pela paz. 

Conhecer um pouco mais sobre o Adam é algo que nos surpreende e nos deixa em dúvida sobre quem deve formar o par perfeito com Juliette, já que cada vez mais o Warner vai conquistando a aprovação e simpatia dos leitores. 

Adam se mostra cada vez menos disposto a lutar, enquanto Juliette está cada vez mais preparada para a luta. Adam coloca de forma clara que sua prioridade é proteger James, seu irmão mais novo, e isso o faz questionar os riscos que ele tem que correr por Juliette. Será que o amor compensa pôr em risco mais uma vez a vida de seu irmão? Ainda mais quando Juliette rompeu com ele por medo de machucá-lo com seu poder. 

Fragmenta-me nos mostra um Adam dividido, indeciso, mas disposto a fazer qualquer coisa para proteger a única pessoa da família que lhe resta: seu irmão. 

0 comentários:

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Apreciando a Leitura | TNB