Resenha do livro A Filha do Louco

17 de fevereiro de 2015 0 comentários


Sabe aquele livro que fica um tempão na sua estante, mas quando finalmente você pega... Nossa, impossível largar? Foi o que aconteceu com A Filha do Louco. É um livro viciante. Li as 414 páginas em dois dias.

Juliet Moreau é filha de um médico, o Dr. Moreau, que foi acusado pela sociedade londrina de praticar experimentos proibidos com animais. Após o escândalo, o governo confiscou todos os bens materiais de Juliet e sua mãe e elas passaram a viver de favores.

Após a morte da mãe, Juliet foi trabalhar como arrumadeira na Universidade. E além do trabalho ser bastante duro para uma garota que pertencia a alta sociedade, Juliet ainda é assediada por um dos professores de medicina e praticamente todas as noites precisa arrumar um modo de se livrar dele.

Certa noite, após um desafio com os alunos de medicina, Juliet entra à noite no laboratório e lá ela encontra outros alunos praticando a vivissecção com um coelho. Horrorizada, ela dá um fim ao experimento e encontra com esses alunos um papel onde havia um diagrama que pertencia ao seu pai, que ela julgava estar morto.

Ao investigar a origem do diagrama, Juliet acaba encontrando Montgomery, que era criado do seu pai e atualmente trabalha como seu assistente. Ao descobrir que seu pai está vivo e isolado numa ilha, Juliet convence Montgomery a levá-la junto com ele de volta a ilha.

Juliet e Montgmery sentem uma atração muito forte um pelo outro, mas diante de tantos desafios e tantos mistérios a serem esclarecidos, eles não conseguem ficar juntos. Durante a viagem, eles resgatam um náufrago, e Juliet fica dividida entre a atração que sente por Montgomery e a compaixão pelo sobrevivente Edward.

Na ilha, mais mistérios precisam ser desvendados, inclusive Juliet percebe o quanto seu pai é doentio ao continuar praticando seus experimentos proibidos. Seres esquisitos vivem na ilha e eles consideram o Dr. Moreau um deus. Mas certo dia as coisas fogem do controle e uma das criaturas se rebela. Juliet, Montgomery e Edward precisam lutar para dar um fim aos experimentos e fazer com que as coisas voltem ao normal. Mas será que isso é possível?

A autora Megan Shepherd prende o leitor com uma história repleta de fatos curiosos e personagens surpreendentes.

O livro tem um final muito interessante e imprevisível.

A Filha do Louco é baseado no clássico A Ilha do Dr. Moreau, de H.G. Wells. O filme, com o mesmo título, foi reproduzido em 1996.

0 comentários:

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Apreciando a Leitura | TNB