Resenha do livro Fingindo

2 de abril de 2015 0 comentários

Fingindo é o segundo livro de Cora Carmack, autora de Perdendo-me. Enquanto seu primeiro livro fala sobre a história de Bliss e Garrick, o segundo livro fala sobre Cade (o melhor amigo de Bliss) e Max, uma garota que Cade conhece em um café.

Fingindo desapontou alguns fãs da escritora, pois os mesmos imaginavam que o livro era a continuação da história de Bliss. Mas em Fingindo ela e Garrick mal aparecem e todo o livro se dedica à história de Cade. 

No início do livro Cade continua lutando para esquecer Bliss, principalmente quando Garrick o procura para falar que vai pedir Bliss em casamento. O garoto sofre não só por isso, mas porque sua vida não está fácil mesmo, incluindo o lado financeiro. 

Mas certo dia, enquanto Cade estudava em um café, ele se depara com Max, uma garota bem diferente do seu estilo. Max tem o cabelo pintado de vermelho, tem tatuagens, piercings, ou seja, nada parecida com o afetuoso menino certinho Cade.

Mas não dizem que os opostos se atraem? Pois é, Cade se apaixona perdidamente pela irreverente Max. Max até nutre os mesmos sentimentos por Cade, mas ela é uma garota problemática e acredita que Cade não mereça alguém como ela.

No decorrer da história os dois fingem, se desentendem, se etendem, se desentendem novamente e durante isso a história de Max vai sendo revelada. E quanto mais ela acha que Cade deve se afastar, mais ele tem interesse em se aproximar. Será que Cade vai se decepcionar no amor outra vez? Só lendo para saber!

Gostei do livro, mas confesso que Max não me agradou. Não gostei do estilo dela. Max descreve Cade exatamente como ele é; mas quando Cade descreve Max, parece que é como ele a vê e não exatamente como ela é, entende? É como se a paixão dele apagasse os defeitos dela. 


Gostei mais do livro Perdendo-me, mas vamos aguardar o lançamento de Encontrando-me para ver o que Cora Carmack reserva para nós.

0 comentários:

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Apreciando a Leitura | TNB