Resenha do livro Supernova - O Encantador de Flechas

3 de abril de 2015 0 comentários
Sabe quando um livro lhe surpreende? Quando vi Supernova – O Encantador de Flechas não imaginei que o livro apresentaria um conteúdo tão bom. 

Leran é um rapaz de 17 anos que vive com sua mãe, Laura, e sua irmã, Luana, em uma cidade chamada Acigam. A população de Acigam vive isolada do restante do mundo, pois o governo construiu uma muralha e proibiu qualquer cidadão de ultrapassá-la. Então Acigam tem suas peculiaridades. Por exemplo, como o exército é a primeira opção de emprego para os jovens, as escolas ensinam, entre outras disciplinas úteis para o dia a dia, o manuseio de armas de combate. Leran, por sua vez, se tornou um excelente arqueiro.

Quando não está treinando com seu arco, Leran adora passar o tempo com o seu avô, Bretor, com ele Leran aprende um pouco de magia – o que é terminantemente proibido na cidade. Então eles fazem isso às escondidas.

Certo dia Leran presencia algo que não deveria. E com isso toda a sua vida começa a mudar. Ele se vê obrigado a se empenhar mais no conhecimento da magia para defender sua família, a si mesmo e a sua cidade.

Em meio ao início de uma guerra civil, Leran conhece uma misteriosa jovem, Judra, por quem se apaixona. Mas diante de um clima tenso, a história de amor deles fica com muitas coisas a serem resolvidas, inclusive a verdadeira identidade e o papel de cada um na luta entre o governo e o grupo liderado pelos que praticam magia – a Guilda.

O Encantador de Flechas é um livro com personagens interessantes. Leran, por exemplo, é um garoto bondoso e ingênuo, mas se vê obrigado a amadurecer e se tornar forte, para poder desempenhar bem o seu papel e desenvolver todo o seu potencial. 

É um livro que provoca sentimentos como revolta, indignação, pois como em toda história onde há guerras, existem perdas (injustas), traições e os sentimentos devem ser deixados de lado para o bem-estar de todos. Aliás, o controle dos sentimentos é algo importantíssimo para Leran aprender.

O livro é dividido em quatro partes, sendo que uma delas é narrada por Judra. Nela podemos conhecer um pouco da história da garota, sua infância e por que ela se tornou quem é. A história de vida dela é bem diferente da de Leran, o que eles têm em comum é que no final das contas os dois são vítimas de um governo opressor e têm que aprender o verdadeiro motivo por que lutar. Há muita coisa em jogo. Ambos perdem, mas ambos se descobrem.

Gostei do livro, a história encanta, mas não gostei dos sentimentos que tive ao terminar a leitura. Dá a sensação de que foi tudo muito injusto. Dá vontade de mudar muitas coisas na história. Mas vale lembrar que O Encantador de Flechas é o primeiro livro de uma série e que muita coisa ainda irá acontecer na vida de Leran. É só o início de uma grande história.



0 comentários:

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Apreciando a Leitura | TNB