Resenha do livro A Fúria - Diários do Vampiro

28 de junho de 2016 0 comentários


Elena desperta um tanto atordoada sem lembrar de quem é ela mesma e sem reconhecer outras pessoas. Ela apenas sente que pertence a Damon e quer protegê-lo de Stefan, que está o atacando. Ainda bem que esse estado confuso em que ela se encontra dura pouco. Após uma boa alimentação, ela volta ao normal. Aliás, normal entre aspas, pois ela agora é uma vampira e todos acham que ela está morta.

Damon ajuda bastante Elena nessa fase. Achei um pouco estranho que de uma hora para outra ele deixou de ser o vilão e passou a ser uma companhia constante.  A rivalidade entre ele e Stefan não parece tão ameaçadora assim. 

Até agora esse livro foi o que mais gostei. Não há nenhum grande avanço na história, mas gostei muito da cena em que Elena vai falar com Matt. A ingenuidade dele e sua disponibilidade em servi-la. Nessa cena, ao invés de achá-lo bobo, eu o achei nobre. E Elena sentiu na pele o mal que causou a ele e a importância de se redimir. Achei lindo!

O final também não deixou a desejar, levando em consideração os livros anteriores até que a autora melhorou. Mas ainda acho que não há uma conexão forte entre Elena e Stefan, mesmo depois do que ela fez para protegê-lo... Eles dizem o quanto se amam, mas o leitor não sente esse amor, fica a desejar. 

Conheça aqui o que escrevi sobre os livros anteriores:



Próximo livro da série:

Reunião Sombria

0 comentários:

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Apreciando a Leitura | TNB