Resenha do livro Os Infratores

21 de dezembro de 2016 0 comentários

Amo ser surpreendida com livros que jamais eu tinha ouvido falar... Geralmente, os livros que leio são escolhidos por mim através de pesquisas que faço na internet ou recomendações de amigos. Os Infratores chegou em minhas mãos por acaso. E que acaso bom, pois descobri uma ótima história.

A família Bondurant mora no pequeno condado de Franklin, no estado da Virgínia. Em 1920, em plena Lei Seca (lei que proibia a fabricação, transporte e venda de bebidas alcoólicas), esse condado era o centro da produção ilegal de álcool.

A sinopse desse livro não me interessou de imediato. Parecia que o livro ia falar apenas de irmãos contrabandistas e violentos, mas não foi bem isso.

Jack é o irmão mais novo e é o personagem central da história junto com o jornalista, Sherwood Anderson, que aparece no condado em busca de material para sua reportagem sobre uma contrabandista que estava ficando famosa. No condado, Anderson fica sabendo sobre os irmãos Bondurant e ele mesmo acaba vendo como a fabricação ilegal da bebida e sua comercialização é o que praticamente mantém a vida das pessoas nesse local tão pobre.

Jack é um garoto sensível e apegado à família. Forrest é o irmão do meio e quem comanda o "negócio". É um homem temível por muitos da região. Até mesmo pela polícia, que também tem uma grande participação no tráfico dessas bebidas, fazendo vista grossa e recebendo propina. Howard é o irmão mais velho. Ele é temido por seu tamanho (gigante), parece ser movido a álcool, pois está sempre bebendo, aparentemente traz traumas pelo período em que lutou na guerra.

A história nos faz refletir sobre o que levou os irmãos a se envolverem nesse mundo criminoso, já que vieram de uma boa família. Principalmente Jack, o mais sensível dos irmãos. Um dos motivos é a melhoria de vida. Todos os irmãos trabalhavam na fazenda do pai, um serviço pesado e pouco remunerado. Jack vivia sujo, com botas velhas, pés sangrando e mencionava constantemente seu desejo de ter botas novas e uma aparência melhor. Isso se acentuou ao se apaixonar por Bertha Minnix, pois o rapaz desejava dar boas condições de vida à sua amada.

Apesar da pobreza não justificar o crime, o livro nos leva a refletir sobre o desejo e o direito do ser humano de buscar melhores condições de vida. Jack abandonou o comércio ilegal de bebidas após conseguir herdar a fazenda do pai e tirar dela o seu sustento. O que mostra que seus erros da juventude eram para saciar suas necessidades materiais.

Howard era uma alma atormentada, mas ele também se reajustou e se dedicou à esposa e filhos.

Forrest era o mais misterioso e reservado. O final dele foi diferente de seus irmãos.

Os Infratores é um livro que recomendo. A história vai lhe ajudar a ampliar a visão sobre a realidade de uma vida miserável física e espiritualmente.




0 comentários:

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Apreciando a Leitura | TNB