Resenha do livro A Máquina de Contar Histórias

2 de fevereiro de 2017 0 comentários

Vinícius Becker é um personagem que, na trama, é um autor renomado e considerado uma "máquina de contar histórias". Ele está no auge do sucesso profissional, mas sua vida pessoal é um fiasco. No entanto, Vinícius só se dá conta disso quando sua esposa, Viviana, morre de Leucemia. 

Vinícius é obrigado a sair da festa de lançamento de seu livro e ir imediatamente para casa. Ao chegar, ver sua mulher morta e sua filha mais velha, Valentina, revoltada com ele por suas "ausências", faz com que ele caia em si e reconheça que falhou mesmo no papel de marido e pai.

Quanto ao casamento, não há mais nada o que fazer; no entanto, quanto às suas filhas, Vinícius faz planos de recuperar o amor e confiança delas. Com Vida, sua filha mais nova, não há problemas, pois ela é muito pequena para entender o que realmente se passa na família. Já com Valentina, que é adolescente, Vinícius tem muito trabalho pela frente.

O foco principal da história é esse: Um pai tentando se reaproximar da filha e fortalecer a família. Para isso eles embarcam em uma viagem e, ao explorar os lugares, Vinícius também tenta explorar a mente de sua filha mais velha e descobrir como resgatar o amor dela.

A história traz momentos de conflitos, dramas, tudo abordado com muita simplicidade. Não é aquele romance que vai lhe prender à leitura, mas vai lhe cativar lentamente. 

É o primeiro livro do Maurício Gomyde que leio. Espero conhecer os demais trabalhos dele em breve.

Dica de leitura:




0 comentários:

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Apreciando a Leitura | TNB