Resenha do livro Tsara - Ir até o fim do mundo e depois voltar

27 de abril de 2017 0 comentários


O livro Tsara - Ir até o fim do mundo e depois voltar traz como temática a cultura cigana. Trata-se de um romance onde a autora, Michelle Louise Paranhos, mescla a história da personagem Mariana com informações esclarecedoras a respeito do povo cigano.

Mariana é uma mulher bem-sucedida profissionalmente, personalidade forte e 100% dedicada ao seu trabalho. Ela perdeu a mãe, que saiu de casa após uma briga séria com o esposo, em um acidente de carro. O médico que as socorreu, acabou adotando Mariana. No entanto, o relacionamento entre eles não era muito próximo. Pablo cuidou que Mariana tivesse tudo o que precisava, materialmente falando, mas não criou com a menina laços afetivos. Isso fez com que Mariana se tornasse a mulher independente que se tornou.

A vida de Mariana começa a sair dos eixos quando ela tem uma visão e é transportada para um acampamento cigano. Lá ela conhece pessoas que nunca tinha visto, mas que parecem saber muito sobre ela. A Mariana é dada uma missão que ela, sozinha, terá que descobrir. 

A história se passa em paralelo entre a vida habitual de Mariana e os momentos em que ela é transportada ao mundo cigano, onde aprende sobre suas origens (a mãe dela era cigana) e seus costumes.

Como todo bom romance, há uma história de amor envolvente e Mariana terá que fazer escolhas difíceis onde envolve seguir seu coração e a razão.

Os personagens secundários foram bem trabalhados e o decorrer da história é repleto de surpresas, pois mostra que cada personagem tem um papel importante na busca de Mariana pela verdade que a cerca. 

Tsara - Ir até o fim do mundo e depois voltar é um livro que recomendo. A autora fez uma rica pesquisa e aborda de forma clara uma cultura pouco conhecida e mal compreendida como a cultura cigana. 


0 comentários:

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Apreciando a Leitura | TNB